Não à verticalização desenfreada!

São Caetano contra a privatização do DAE

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

O X da Questão

Há sete anos a ASEAM luta pela transparência dos atos de gestão da administração pública em São Caetano do Sul. Nesse tempo, sofreu resistência, retaliação, censura e até ameaças, mas apesar disso, conquistou vitórias importantes e significativas para a população.
Nesta edição, a Aseam apresenta o resultado de uma pesquisa rigorosa, feita pelos advogados da associação, que analisaram no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo contratos de conteúdo pecuniário celebrados pela Prefeitura Municipal de São Caetano nos últimos seis anos.
E o que se verificou é que aproximadamente 600 milhões de reais foram julgados ilegais ou irregulares. Irregularidades que tiraram a sua oportunidade de ser funcionário público, de inserir a sua empresa em licitações na cidade, de ser atendido por profissionais altamente qualificados, de ver melhorias na saúde, segurança, merenda escolar/assistência social.
Por essas e outras é que a Aseam entende que não há transparência sem a fiscalização popular; uma participação ativa, corajosa e consciente de que “não é o povo que deve temer seu administrador e, sim, o governo é que deve temer a força do povo”.
E por isso, mostra a você leitor como exercer seu direito de consultar junto ao TCE onde e como o dinheiro que sai do seu bolso (impostos, taxas, contribuições e outros) é empregado e administrado.
Faça parte dessa luta, companheiro(a). Participe. Vamos juntos fazer uma São Caetano melhor.

Eder Xavier
Presidente da Aseam
Ver-nos-emos sempre em vitórias

25 de outubro de 2011 23:40 - Postado por ASEAM

3 Respostas para “O X da Questão”

  1. Irene Barbosa disse:

    Fantástico esse último jornal, muito esclarecedor e indignante. Fiquei ainda mais perplexa porque vi um honda city na minha rua retirando os jornais dos portões. Um absurdo. Bom trabalho pra vocês, continuem firmes.

  2. Nair disse:

    Não imaginava que tudo isso que li no jornal acontecia aqui em são caetano, fiquei muito chateada. Meu voto eles não tem mais, nunca mais. Nem da minha familia. A prefeitura tirou mesmo o jornal dos portões? que horror. Voces podem me dar mais uns exemplares? quero entregar para minha familia.

  3. José Augusto disse:

    Moro no bairro Oswaldo Cruz e na minha rua um carro cinza também passou recolhendo os jornais dos portões. Pra mim, esse ato foi de desespero e isso me fez realmente acreditar em tudo que foi dito.


Deixe uma resposta

Canal Youtube


Confira nosso canal no Youtube