Não à verticalização desenfreada!

São Caetano contra a privatização do DAE

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Prefeita e três secretários municipais de Mato Verde são afastados do cargo a pedido do MPMG

Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Minas Gerais – Núcleo de Imprensa

O Ministério Público de Minas Gerais realizou hoje na cidade uma operação de busca e apreensão para apurar desvio e apropriação de recursos públicos
A pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a Justiça mineira determinou o afastamento do cargo da prefeita de Mato Verde, cidade do Norte de Minas, e de três secretários municipais por suspeita de desvio e apropriação de recursos públicos.
Para apurar as possíveis fraudes, o MPMG ouviu testemunhas, analisou documentos e realizou hoje na cidade uma operação de busca e apreensão na residência e no local de trabalho da prefeita, dos três servidores públicos, de “laranjas” e do contador do Município suspeitos de participarem do esquema.
Por solicitação do MPMG, a Justiça determinou ainda a indisponibilidade dos bens da prefeita, do tesoureiro do Município, que é filho dela, do secretário municipal de administração e do chefe do setor de licitações da prefeitura.
Segundo apurou o MPMG, a prefeita de Mato Verde e o filho dela emitiam cheques em nome de pessoas como se elas tivessem prestado algum serviço ao município. Para conseguir sacar os valores no banco, os suspeitos falsificavam a assinatura dessas pessoas.
O MPMG apurou também que os suspeitos contratavam uma empresa fantasma para prestar serviços ao município. Para criar essa empresa de fachada, duas pessoas teriam sido usadas como laranja pelo grupo.
As investigações apontaram que essa empresa vencia as licitações fraudulentas e simulava o fornecimento de bens e de serviços ao município. Há indícios, conforme a apuração, de que dos valores pagos a ela eram divididos entre os suspeitos. Um levantamento feito pelo MPMG aponta um prejuízo aos cofres públicos estimado até o momento em mais de R$ 220 mil.

 

Enviado por Fábio Oliva (Jornalista, Editor da Folha do Norte, Membro fundador da Asajan – Associação dos Amigos de Januária e Membro do Conselho de Administração da Amarribo Brasil).
18 de julho de 2011 20:29 - Postado por ASEAM

4 Respostas para “Prefeita e três secretários municipais de Mato Verde são afastados do cargo a pedido do MPMG”

  1. Angela disse:

    Pena que vcs não divulgaram os nomes dessa corja toda,assim as pessoas dessa cidade ficariam sabendo o tipo de pessoa que votaram !!!

  2. Marie disse:

    Se o problema fosse só em Minas seria mais fgácil combater. Mas está em todo lugar e principalmente aqui em são caetaano. Uma vergonha. O pior é que o prefeito acha que colocando uns showzinhos a gente vai esquecer. Acooooorrrrrrda São Caetano!

  3. Orlando disse:

    Aliás, todo hora os jornais falam de um possível candidato para as próximas eleicoes, quero saber se vai ter gente da asean porque eu voto em todos.


Deixe uma resposta para Angela

Canal Youtube


Confira nosso canal no Youtube