Não à verticalização desenfreada!

São Caetano contra a privatização do DAE

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Amigos estão livres da lei cidade limpa em SCS

Cidade nem tão limpa assim em SCS. Grandes empresas, construtoras e órgãos institucionais ganham autorizações para cartazes e outdoors.

A Lei Cidade Limpa de São Caetano liberou publicidade visual desde sua criação para grandes empresas sediadas no município, construtoras e órgãos institucionais. As exceções têm o aval do Comitê Técnico Municipal de Controle de Paisagem Urbana, com aprovação ainda do secretário especial de Controle Urbano, Balbo Santarelli, e do prefeito José Auricchio Junior.

A justificativa para que alguns possam utilizar cartazes e outdoors é a relevância econômica das instituições. ?São empresas sediadas na cidade e com grande desempenho na região metropolitana. Temos que defender o comércio da cidade?, afirma o secretário Santarelli.

Receberam permissão para cartazes a montadora GM em seus feirões, a fabricante de chocolates Pan, na Páscoa, e construtoras de imóveis, que espalham cavaletes na cidade todo o final de semana, A Casas Bahia também está entre os permissionários, mas nunca utilizou a exceção, de acordo com a prefeitura.

Atualmente, a USCS (Universidade Municipal de São Caetano) usa o canteiro central da avenida Goiás com cartazes sobre seus vestibular em dois quarteirões. Quem circula pela cidade encontra ainda faixas da própria prefeitura, divulgando eventos, campanhas e inaugurações.

As construtoras utilizam 150 placas nos finais de semana e são as únicas a pagar pelo espaço. A verba, baseada na quantidade de anúncios e lançamentos, é revertida para o Fundo Social de Solidariedade de São Caetano. De acordo com o secretário, são cerca de R$ 40 mil todos os meses.

Santarelli não vê as exceções como prejudicial para a cidade. ?Acredito que a Lei Cidade Limpa é até mais rigorosa aqui que na capital por exemplo. São Caetano está mais limpinha?. Para o secretário, a legislação deixou a cidade mais democrática. ?A concorrência antes era desleal. Quase não se via os comércios menores. Com a padronização das fachadas, eles estão visíveis.

Sobre a Lei: A Lei Cidade Limpa, Cidade Linda foi criada em dezembro de 2009. A legislação limitou a poluição visual na cidade, proibindo a colocação de outdoors, cartazes e padronizando as fachadas dos comércios. Desde sua criação, foram aplicadas 167 multas. O valor mínimo da autuação é de R$ 5 mil.

(Fonte: vanessa.selicani@metroabc.com.br, www.metropoint.com ? segunda-feira, 23 de maio de 2011).
25 de maio de 2011 16:51 - Postado por ASEAM

5 Respostas para “Amigos estão livres da lei cidade limpa em SCS”

  1. Marizilda disse:

    Sabe, acho uma vergonha tudo isso. Se não pode, tem que ser pra todo mundo.
    Perdi a confiança nessa prefeitura.
    Parabens pelo trabalho de vocês.

  2. Dirlei disse:

    Amigos, temos que divulgar esse site pra todos os nossos contatos (e todos que votam em scs) porque desse jeito não podemos mais continuar. Essa aseam é uma luz pra gente. Parabéns pelo trabalho.

  3. ingrid disse:

    Meu sogro e minha cunhada tem comércio na Av. Goiás e os cartazes do feirão ficam quase em frente ao estabelecimento deles, no canteiro central. A prefeitura beneficia os grandes que não tem mais onde guardar dinheiro e prejudica os pequenos empresários que precisam da publicidade para vender seus produtos/serviços.Fora a lei que a prefeitura criou que proibe colocar as cadeiras e mesas nas calçadas. Elas eram colocadas somente no período da noite e, no caso do meu sogro, ele deixava um ótimo espaço para passagem de pedestre que, no horário noturno, nem é tão grande assim.

    Essa prefeitura é uma vergonha!

  4. MARIO disse:

    ISSO SE TORNA VERGONHOSO …POREM A AUTORIDADE SE MOSTRA PARA OS MAIS FRACOS ,E DE MENOR PODER AQUISITIVO NA CIDADE , ENQUANTO AS EMPRESAS DE GRANDES PORTE PODEM TUDO …DESDE QUE FAÇAM UM CAIXA 2 NA CAMPANHA PARA PREFEITO …
    ESSA PREFEITURA É UMA DAS PIORES QUE JA EXISTIU
    PARECE UM BANDO DE ABUTRES .

  5. Alcântara disse:

    O senhor está certo, sr. Mario: são abutres. Precisamos de gente nova na política, gente que faça bem para o povo e não para o próprio bolso. A aseam terá algum representante? obrigado pelo excelente trabalho.


Deixe uma resposta

Canal Youtube


Confira nosso canal no Youtube