Não à verticalização desenfreada!

São Caetano contra a privatização do DAE

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo julga ilegal a contratação de funcionários sem concurso público em São Caetano

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo aponta a Dra. Regina, ex-presidenta da FUMUSA,
como responsável pela admissão de inúmeros funcionários que receberam ou estão a receber
milhares de reais dos cofres públicos, sem a efetivação de concurso público.

Conforme estabelece a Constituição Federal, a contratação de pessoal depende de prévio
concurso público, possibilitando assim, a igualdade na concorrência entre os candidatos. No
entanto não foi isso que aconteceu em São Caetano do Sul.

Inúmeros funcionários foram contratados, mas não se sabe qual o critério de seleção utilizado
para empregar tais pessoas.

O Tribunal de Contas, em decorrência de violações de ordem legal e administrativa, condenou
a Dra. Regina Maura a pagar 100 UFESP?s aos cofres públicos.

A ASEAM quer saber se providencias foram tomadas, e se a administração pública irá
formalizar concurso público para substituição dos funcionários.

13 de abril de 2011 15:00 - Postado por ASEAM

3 Respostas para “Tribunal de Contas do Estado de São Paulo julga ilegal a contratação de funcionários sem concurso público em São Caetano”

  1. angela disse:

    Gostei de saber que justiça foi feita,pois temos o dever de desmascarar essa corja,fiquei contente!!

  2. Beto disse:

    Como se isso freasse o sistema!

  3. ???? disse:

    eu era terceirizada pela transbraçal era aux administrativa, qdo descobrirão que não era do partido do prefeito atual Aurichio, me transferirão pela prefeitura mas isso foi uma jogada so para poderem me mandar embora, alegando apos algum tempo que eu nao era concursada, pois se eu continuasse terceirizada não teriam desculpas para a minha demissão


Deixe uma resposta

Canal Youtube


Confira nosso canal no Youtube